Mulher de 64 anos dá à luz a gêmeos, mas foi considerada incapaz de cuidar das crianças pela justiça e sua guarda foi retirada

Uma idosa de 69 anos foi considerada impossibilitado de cuidar de seus bebês gêmeos. Certo ocorreu quatro após ter dado à luz a eles através de uma fertilização in vitro.

Mauricia Ibanez deu à luz os gêmeos Gabriel e Maria de la Cruz em um hospital na cidade de Burgos, no norte da Espanha, no ano de 2017.

Com 64 anos de idade, ela viajou aos Estados Unidos para concretizar o método. Ela chegou a ser considerada a mais velha mãe a dar à luz no país da Espanha.

Os gêmeos, agora com quatro anos, foram levados para um orfanato pouco em seguida de nascerem em 2017.

A Suprema Corte Espanhola tomou a determinação de tirar a guarda das crianças em meados de abril de 2020.

A determinação, proferida pelo Tribunal Provincial de Burgos, concluiu que os gêmeos não estavam sendo cuidados em “condições ideais” para o crescimento de duas crianças.

De conciliação com o órgão, contudo das condições de saúde de Mauricia não terem sido divulgadas, é proferido que ela não teria capacidade de cuidar das crianças.

O tribunal disse que a sentença foi baseada na perspectiva de um profissional, não relacionada à sua idade ou saúde mental.

Mauricia chegou a caracterizar que tudo estava sendo tirada dela e que a qualquer dia suas crianças não conviveriam mais com a mãe e acredita que a determinação exclusivamente foi tomada por ela ser uma mulher idosa que teve filhos nesta fase da vida.

Via: tvi24.iol.pt