Novo auxílio emergencial de R$250 deve começar a ser pago este mês: entenda quem recebe e quem não recebe

Publicidade

Posteriormente de meses de muita controvérsia, é factível que o novo auxílio emergencial comece a ser quitado ainda neste mês de março. A notícia foi dada por Arthur Lira, presidente da Câmara dos Deputados.

Ainda de combinação com Lira, a pauta foi debatida com o governo e alguns detalhes foram revelados. A teoria, serão 4 parcelas de R$250, totalizando R$1000 ao derradeiro. O valor deverá inaugurar a ser pago exatamente em março.

Isto significa que a primeira parcela deve inaugurar a acontecer paga em março, se estendendo até junho. O valor foi extremamente debatido e criticado pela oposição, que cobrava uma fração mais alta.

Já é exato que alguns grupos não vão haver direito ao pagamento do auxílio, são eles:

    • pensionistas
    • aposentados
    • beneficiários de seguro desemprego
    • beneficiários do BPC

 


Por outro lado, o grupo que receberá o auxílio além disso não foi confirmado, mas deve proceder os moldes do ano passado:

Publicidade
______

Esteja desocupado ou exerça ação na condição de: MEI, Contribuinte individual para a Previdência ou trabalhador informal.
Pertença à família cuja renda mensal por indivíduo não ultrapasse meio salário mínimo, ou cuja receita familiar total seja de até 3 (três) salários mínimos.
Lira igualmente tratou de outro assunto muito relevante no combate a pandemia: as vacinas. O presidente da câmara anunciou o avanço na discussão e garantiu acerto com o governo para a disponibilização de 140 milhões de doses da vacina contra a covid nos próximos três meses, começando já em março.

Via: economia.uol.com.br