Você se lembra do caso Eloá? Mais de 10 anos após o sequestro veja como estão os envolvidos

Este caso foi que mais chocou o Brasil, e terminou muito triste.

Um dos acontecimentos que mais chocaram o Brasil, ocorreu em 2008, posto que a jovem Eloá Pimentel, os 15 anos, foi feita de refém através seu ex-namorado Lindmberg, com sua melhor amiga, Nayara Rodrigues, de 15 anos. Às duas estavam juntas, e passaram pelo pesadelo do sequestro juntas, entrementes os dias que este se estendeu.

O sequestro teve cinco dias, e ocorreu no ABC paulista. A todo acontecimento, tudo que ocorria no lar em que estava o sequestrador e às duas adolescentes era exposto na televisão, em muitos momentos, em uma passagem ao vivo. O acontecimento chamou extremamente a concentração da mídia ao extenso dos cinco dias que durou. Em vários momentos, Lindemberg chegou até idêntico a surgir na janela do local.

Nos instantes em que o ex-namorado de Eloá aparecia na janela da casa, ele chegava até conversar com o apresentar conversas com emissora de televisão, e simultaneamente os policiais. Ele em diversos momentos declarou que iria assassinar às duas meninas, e que em seguida iria se matar. No último dia, a polícia resolveu atuar, Lindemberg acabou preso.

No entanto, anteriormente de ser capturado, o sequestrador disparou contrário as duas meninas. Eloá foi atingida e não sobreviveu, mas Nayara foi socorrida no acontecimento e conseguiu sobreviver ao impacto. Agora, ela tem 26 anos, e venceu uma ação contra a polícia. Na conjuntura do sequestro, a adolescente precisou a mando da polícia voltar o cativeiro. De indenização, em 2019, Nayara pediu a consideração de R$150 mil.

FGTS: Veja como consultar SALDO disponível para saque

Em 2018, Lindemberg foi sentenciado a 94 anos de 10 meses de cadeia em estatuto fechado. A defesa, no entanto, recorreu, e a pena foi reduzida para 34 anos. Conforme ele já está recluso a começar do delito, ele conseguiu a benfeitoria do regime semiaberto em 2018 também.

A Mansão Das Celebridades Brasileiras

caso Eloá

Você pode gostar disso