casal-idoso-giorgio-rosa-cremona-italia-coronavirus

Abraço de reencontro de idosos casados há 52 anos viraliza depois de vencerem covid-19

O casal Giorgio e Rosa estão juntos há mais 52 anos, e até mesmo na luta para se sarar de uma enfermidade eles jamais se desgrudam. Os idosos foram infetados através do desconhecido coronavírus e recuperaram no hospital da capital de Cremona, na Itália, mas permaneceram em quartos separados. Os médicos, enternecidos juntamente a história dos idosos, decidiram elaborar uma surpresa para eles, posteriormente ambos melhorarem e ficaram sarados.

Saiba como fazer o álcool de alecrim, ajuda na celulite, varizes e nas dores musculares

Eles levaram Rosa até Giorgio, e um abraço entre eles foram fotografados por um dos médicos. O jornal “Cremona Oggi” publicou a imagem comovente e inclusive conversou com uma das Enfermeiras que está atendendo os idosos.

Morador de Rua leva um tapa na cara. Gustavo Lima ajude ele com uma casa pede internautas

“Giorgio é uma daquelas pessoas a quem jamais podemos não nos simpatizar. Ele jamais se lamenta, agradece continuamente. A certo ponto, ele nos confessou o desanimo que tinha por amar voltar a morada e para a sua Rosa”, explicou Manuela Denti, médica do hospital, ao site Cremona Oggi.

Felizmente, Rosa recuperou depressa e recebeu alta mais cedo que Giorgio, que este internado desde o dia 17 de março, posteriormente exibir um começo de pneumonia.

Prepare o seu próprio tônico para limpeza de pele, apenas com dois ingredientes, leite de rosas e bicarbonato de sódio

“Eu e minha companheiro Carla Garello (chefe de cirurgia) não hesitamos por um acontecimento. Concordamos em fazê-los se unir, surpreendentemente. Foi um daqueles momentos que jamais se esquecem. Ninguém de nós conseguiu moderar as lágrimas. Eles se abraçaram abundantemente, trocaram palavras doces, foram dez minutos de amor em que se quiseram certificar que o outro estava bem de saúde. Esperamos que Giorgio se junte a Rosa depressa. Ele igualmente não vê a instante de revwer Willy, o cão que vive juntamente a eles há 17 anos”, disse Manuela Denti.