Pastor descumpre ordens, faz culto com 300 fiéis e morre de coronavírus

Pastor descumpre ordens, faz culto com 300 fiéis e morre de coronavírus

O conselho da Organização Mundial da Saúde (OMS), em conduto à pandemia do desconhecido coronavírus, diz que as instituições religiosas estão proibidas de concretizar suas celebrações – porquanto nenhuma concentração de pessoas é perigosa neste instante de luta do contra o vírus.

No Chile, aonde existem cerca de três milhões de fiéis evangélicos, os pastores resistiram a essa deliberação. Foi uma, arbitramento conforme esta que pode ter custado a vida de um líder.

O pastor evangélico Mario Salfate, de 67 anos de idade, morreu vítima da Covid-19 na última quarta-feira (15). Poucos dias anteriormente de estar internado, ele havia descumprido as recomendações de afastamento social e ministrou um culto que recebeu cerca de 300 pessoas na igreja.

Nesta adoração, ele pode haver contraído o coronavírus que o levou à morte. Afora dele, mais três pastores igualmente foram infectados na ocasião.

Mais de 8 mil pessoas estão infectadas com o coronavírus no Chile. aproximadamente 100 pessoas já morreram no país com a vírus. Conforme a imprensa local, o governo do país decretará “quarentena seletiva” em algumas regiões do país, de acordo com o número de infecções.

Nos locais aonde muitas pessoas estão sendo infectadas, a multidão será obrigada a permanecer em quarentena. É o fato da comuna de El Bosque, em Santiago, que a partir desta quinta-feira (16), entrará em afastamento essencial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *